Dermatite Ocre

A Dermatite Ocre é a pigmentação acastanhada na pele gerada pelo ferro contido na hemoglobina liberada pelas hemácias, aparece principalmente nas pernas e tornozelos devido às complicações das varizes.

Esse processo de escurecimento se dá devido a pressão das veias causada pelas varizes que leva a múltiplas micro hemorragias sob a pele. Se não tratada pode evoluir para fibrose e posteriormente à formação de úlceras.

Pessoas acometidas por varizes devem ficar atentas à outras questões de saúde como a obesidade, ortostaismo e enfermidade que limitam a movimentação dos membros que são agravantes para o surgimento desta estase sanguínea.

Como é feito o diagnóstico?

É clínico, realizado com a visualização da pele na região das pernas, e está associado às varizes e obesidade.

Como é o tratamento?

O tratamento ideal é realizado com a correção do problema de circulação do sangue, o que impede a progressão da dermatite ocre. Para que a pele volte à coloração normal deve ser tratada com cremes, despigmentantes e hidratantes que vão permitir a penetração das substâncias e tópicos anti-inflamatórios. Também é indicado a elevação dos membros inferiores, uso de meias elásticas e repouso. Nos casos mais complicados é necessária cirurgia vascular.

Porém apenas o cirurgião vascular poderá dar o melhor tratamento. Não se automedique.

Prevenção

A prevenção é fundamental para evitar o aparecimento da dermatite ocre. É necessário tratar de forma correta as varizes com acompanhamento médico, controle do peso, diminuição da pressão venosa e uso de meias elásticas.

 

Leave a comment