Síndrome de Raynaud , o que é?

Síndrome de Raynaud também conhecida como Fenômeno de Raynaud, é uma condição médica no qual ocorre um exagero na resposta à temperatura fria. As manifestações clínicas são causadas pela vasoconstrição (estreitamento) dos vasos sanguíneos (artérias), que resulta na redução do fluxo sanguíneo para a pele, enquanto a cianose (arroxeamento da pele) é causada pela diminuição da oxigenação nos pequenos vasos sanguíneos da pele. A pele fica fria deixando uma área pálida bem marcada ou uma cianose nos dedos das mãos e dos pés. Pode ocorrer em alguns casos sentir a pele pálida e fria em orelhas, nariz, face, joelhos e qualquer outra área exposta. Ele se inicia tipicamente na exposição ao frio ou situação de estresse intenso. Sensação de formigamento ou amortecimento pode acompanhar as alterações de coloração nos dedos.

Geralmente o ataque termina com a normalização do fluxo sanguíneo para as extremidades em aproximadamente 15 minutos. A ocorrência de ulcerações digitais é um sinal de gravidade da Síndrome de Raynaud.

A Síndrome é dividida em primário e secundário

A primária é quando ela não está associada a uma doença ou outra causa que explique essa situação. A secundária é quando ocorre devido a outro problema médico que possa causar espasmo nos vasos sanguíneos.

Quando os dedos dos pés e das mãos são expostos a temperaturas frias, os vasos sanguíneos normalmente sofrem uma constrição (contração / espasmo), ficam estreitos com o intuito de conservar a temperatura do corpo. Esse processo é chamado de vasoconstrição. No caso da Síndrome de Raynaud essa vasoconstrição é muito exagerada e é chamada de vasoespasmo, porque ele diminui drasticamente a quantidade de fluxo sanguíneo.

Quem pode ter a Síndrome?

É muito frequente em mulheres jovens. No geral as mulheres são afetadas 5 vezes mais do quem homens e normalmente ocorre antes dos 30 anos. A causa exata primária é desconhecida.

Abaixo uma lista das causas secundárias

Diagnóstico

A Síndrome de Raynaud primária é diagnosticada com os sintomas. Os testes feitos em laboratório vascular, como ultrassom para medir o fluxo sanguíneo podem ser feitos, mas normalmente não são necessários, a não ser que tenha algum outro problema arterial, como uma doença arterial obstrutiva periférica ou pelo menos uma suspeita.

Quais os riscos?

O prognóstico para a Síndrome de Raynaud primária é excelente, além da chateação dos sintomas, não existem graves riscos à saúde. Já na secundária os riscos de problemas de pele são maiores, existe sempre o risco da doença que está causando a Síndrome.

Em alguns casos o paciente pode pensar que tem Raynaud primário, mas depois de alguns anos aparece uma doença autoimune.

Tratamento

Evitar a exposição a temperaturas frias é o mais importante aspecto do tratamento. O corpo inteiro deve ser mantido aquecido. Se uma causa secundária é encontrada, o tratamento deve ser direcionado à causa.

Em casos mais graves há a classificação de medicamentos que deve ser feita apenas pelo médico.

Por isso é muito importante que se faça um checkup vascular pelo menos uma vez ao ano e ficar sempre atento aos sintomas. Jamais tome remédios sem prescrição médica.

 

Leave a comment